“Meus versos nascem como quem dá luz a um único filho, em gestações que podem durar uma vida ou segundos...” (Chris Amag)



segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Metade
















Meio sorriso,
meias palavras,
meia lua,
meia maçã,
meio bom dia
meia noite...
meia hora,
meio caminhar,
meio abraço,
meio beijo,
meia sombra,
meio café...
Meio poema.

Sem você,
os advérbios
viram números.

Sem você,
sou metade!


Chris Amag
11-01-10
22h

9 comentários:

"Cantinho Poético" disse...

Bom dia amiga!Lindo blog!

Agradeço sua visita...sempre será bem vinda!

Te ofereço o selinho que gostou...busque-o.

Beijos........M@ria

Poemia disse...

Chris,
Obrigada mais uma vez pelo comentário no meu blog. Fico feliz que ele tem edificado sua vida. Vou pesquisar os livros para indicar. Estão borbulhando alguns na minha mente, mas prefiro te passar com referência bibliográfica completa.
Um forte abraço,
Fica na Paz!

Francisco Libânio disse...

Muito obrigado pelo elogio, pelo comentário. Seu ótimo blogue já está na lista dos meus favoritos.

Um beijo

Zoila Cevallos disse...

Hermoso poema Chris!
Gracias por tus comentarios a mi blog. Dios te bendiga!
Saludos,
Zoila

"Cantinho Poético" disse...

Agradecendo sua visita......lindo texto amiga........Parabéns.

BOM FDS..........Beijosssss

Anônimo disse...

Olá Chris,
Eu sou josé do blog reflexões e outras divagações. Estou a escrever como anónimo no computador da minha mulher,porque ela não tem conta,e o meu computador avariou, no primeiro dia do ano a mulher partiu-me o carro todo felizmento não ficou mal,a semana passada foi a maquina de lavar, agora foi o computador, comecei bem este ano!
Chris olho não recorde do que disse no outro comentário, como deve calcular a minha cabeça anda um pouco confusa.
Recordo apenas que disse que os seus comentários são muito impotantes para mim,porque para além de escrever bem sabe aquilo que diz.
Um beijinho e um bom final de semana,
José

Beatriz Prestes disse...

Quando nos vemos apartados de nossa metade, nada nos preenche, tudo fica pelo meio....alma sem satisfação!
Lindo demais teu blog!
Lindas poesias!
Beijo com carinho
Bea

MEU MUNDO E NADA MAIS... disse...

Bom dia Chris, adorei o texto, lindoo!!!
saudades amiga
bjs!!!!!!!!

fatima gama disse...

oi chris!

achei líndo os teus poemas,tenho saudades de quando vc ia em casa para batermos papo.tempo bom que não volta mais né...rs vc continua muito talentosa,parabens.espero reve-la para matar as saudades, bjs fique com Deus.