“Meus versos nascem como quem dá luz a um único filho, em gestações que podem durar uma vida ou segundos...” (Chris Amag)



sexta-feira, 23 de abril de 2010

Agradável terapia













Meus pensamentos tomam conta de mim,
Eles ocupam todo o meu corpo desatento,
Não consigo colocar nesse barulho um fim,
Eles gritam, me sufocam, meu tormento.

Então escrevo, assim eles saem feito versos,
Esvazio o meu ser das palavras sufocadas,
Chego até a me virar do avesso e me esqueço
Do tempo, da noite, e das madrugadas.

Escrever para mim é agradável terapia,
As palavras saltam do peito, dos dedos...
Com elas por perto, não sinto mais medo,
Todo o sentimento vira para mim poesia.

Assim saio de mim e me vejo em palavras,
Sinto o meu pulsar, o coração em saltos...
Em mim subo e desço, feito grandes escadas
E me vejo por inteira, observando lá do alto.

Chris Amag

POEMA FALADO

17 comentários:

António disse...

Olá Cris,

Gostei do teu poema.
Escrever é uma forma de libertar
Pensamentos que morreriam em nós…

Beijos
António

Úrsula Avner disse...

Oi Cris, encantador e melodioso poema sobre a escrita poética e o que ela representa. Bj e um ótimo fim de semana.

José disse...

Olá Cris,

lindo lindo poema

Sinto que faz bem escrever
sinto paz e muita calma
e em poesia poder dizer
o que vai dentro da alma

bom fim de semana
beijinho grande,
José.

Rosiane disse...

Ameiii amiga!
Sinto a mesma coisa rs...
É como me ler nos seus versos!

Bjo, se cuida!

Ro

Sammis Reachers disse...

Olá minha irmã, graça e paz.

Parabéns pelo blog, e pelos belíssimos poemas. Tomei a liberdade de publicar dois poemas teus no blog Poesia Evangélica, bem como o link para sua página.

Que Deus lhe abençoe e inspire a cada dia mais, em nome de Jesus.

Um abraço do irmão Sammis

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Lindo isso Chris. Há que se exaltar mesmo a poesia. Eu digo que a poesia é meu escudo contra os dragões desse mundo de terror, minha espada do bem. Foi ela que me trouxe até aqui. Beijos. Parabéns

Alessandra disse...

menina que poemas são estes?Ando arriscando alguma coisa,mas os teus me encantaram.ABRAÇO.
*TE SIGO,SE DESEJAR ME VISITE. OUTRO ABRAÇO

Maria disse...

Que poema lindo e que forma tão positiva para esquecer tudo e libertar os pensamentos, utilizando como terapia, as palavras.

"... Com elas por perto, não sinto mais medo,
Todo o sentimento vira para mim poesia"

Uma poesia extraordinária, que também a mim me faz sentir bem e alivia a minha alma, obrigado amiga.

bjs
Maria

Lu Nogfer disse...

Ola Cris!

Que doce poesia!

Escrever é mesmo mágico não?!é renovaçao!É o encontro com nosso proprio eu!É pura expressao!É pura emoçao!

Lhe desejo um lindo fim de semana!

Beijos,querida

Até+

Beatriz Prestes disse...

Que poema lindo.....cheio de ritmo!
Aplausos minha amiga!
Beijo com carinho
Bea

José disse...

Olá Cris,
Vim agradecer a sua visita, o e lindo comentário com palavras sempre amorosas, que dá gosto ler, como diz e é verdade vai faltando tempo para fazer versos, mas para os amigos mais antigos vai-se arranjando sempre, hoje é que não há.

Beijinho,
José.

cantora beatriz disse...

cris por onde voce anda ????? to com saudades bjsssss cantora beatriz

nanda disse...

Estamos com saudades...
sua pagina da ube sumiu snif snif...
Seus poemas continuam lindos!
Deus te abençoe grandemente!!!
pena que aqui não da p/ mim encher de gif´s e emoticons pulando srsrsrs bjks, nanda.
ah, me visite também:
http://meu-cantinho-e-minhas-coisinhas-prefe.blogspot.com/
agora sim, tchauzinho...

Izabel disse...

Chris, como admiro sua arte, precisa de ter dom, alma de poeta mesmo. Linda, muito linda. Aproveito para te desejar Feliz dias das mães, não sei se és mãe biológica, mas és mãe de tantas poemas maravilhosos que nos convida a refletir, a sorrir, a nos emocionar. Então!
Beijos e um abraço de coração a coração.
Fique com Deus

Renato Baptista disse...

Olá Chris...

Estamos apresentando uma Mostra Especial de Poeminis – “Encontros e Desencontros” a partir de imagens dos trabalhos da artista plástica Betty Martins.
Convidamos você, especialmente, para que conheça nossa obra no blog: http://poeminiseimagens.blogspot.com
Sua presença será uma honra para nós!

Beatriz Prestes e Renato Baptista

O Profeta disse...

Hoje ofereci as cores da minha paleta
A uma amiga na sua dor
Ouvi seu choro ao meu ouvido
No fatalismo do desamor

Hoje o sono acordou-me
A nostalgia agitou suas asas cinzentas
Esqueci no acordar o ultimo abraço
E contei as nuvens que eram tantas


Doce beijo

Beatriz Prestes disse...

Parabéns pela dádiva que é o teu escrever minha amiga!!
Versos que atravessam as mais densas fronteiras da alma!
Beijo carinhoso
Bea