“Meus versos nascem como quem dá luz a um único filho, em gestações que podem durar uma vida ou segundos...” (Chris Amag)



sábado, 23 de outubro de 2010

Como diz o ditado: "A beleza está nos olhos de quem vê"

http://blog.cancaonova.com/ananeri/files/2008/06/casal-de-namorados.jpg

Outro dia, passei bastante tempo observando toda gente,
principalmente os casais de namorados de várias idades,
vi mulheres muito bonitas com homens não tão atraentes
e também homens belíssimos com mulheres sem vaidade.

Também observei que algumas mulheres eram sorridentes,
um sorriso tão largo e tão gostoso que até nos fazia bem,
não eram altas e nem magras, sem beleza surpreendente,
com os olhos tão vivos, tão puros que quase ninguém tem.

E alguns homens... Percebi que não chamavam a atenção
de quem busca aquele tipo de beleza que todos veem...
Mas quem observa cada gesto de carinho com o coração
Verá a beleza que passamos a vida procurando em alguém.

Chris Amag

7 comentários:

Dilmar Gomes disse...

Olá amiga Chris, muito bom o seu poema. Eu, particularmente, gosto muito do seu estilo literário; você lapida a matéria prima que os seus olhos, ou sua intuição, de cronista capta nas situações reais ou subjetivas e o resultado é essa maravilha final.
Um grande abraço.

Machado de Carlos disse...

Olá Grande Amiga!

Chris,

Neste poema, visivelmente, deu para observar uma busca constante da beleza da alma.
Muita vez nos encanta a beleza ímpar do envoltório carnal, mas lá no íntimo, existem muitos carismas, independentemente da fisionomia, da idade etc.
Parabéns pelo seu belo poema!

Um grande abraço!

Cida Kuntze disse...

Chris, que lindooo esse poema querida!
Nossa, que maravilhoso ver o que muitos não vêem, a beleza que vai dentro de cada um.
Tem muita gente bela num corpo não tão atraente, mas essa beleza se expande de alguma maneira.

Hoje o dia amanheceu lindo aqui, muito sol, céu azul e logo no primeiro blog que entro leio essa maravilha? Obrigado Senhor! rsrs.

Beijos amada, não passei antes aqui porque minha semana foi hiper corrida, mal entrei na internet por esses dias.
Mais beijos e fica na paz!

José disse...

Olá amiga Cris!

A beleza da alma não dá para ver logo assim à primeira visto,é preciso sempre algum tempo, essa beleza da alma é a que eu mais admiro nas pessoas. Há pessoas que têm as belezas todas, outras que não têm beleza nenhuma, eu por aqui tenho a felicidade de conhecer sem ver, pessoas muito belas.

um beijinho,
José.

Fernanda G. disse...

Oi Chris,
realmente..a beleza está nos olhos de quem vê e no coração também, porque só uma pessoa que tem um bom coração fica sensível e deixa de ser cega como o resto do mundo. Beijos amada. Que Deus continue te abençoando.

Lu Nogfer disse...

Olá Chris!

Belissimo poema!

A beleza quando nao é tao notável pode ser claramente vista com olhos invisíveis!Só com esses olhos poderemos enxergar a verdadeira beleza:a interior.

Beijos querida e bom fim de semana!

Sidney Alves Amaral disse...

Olá Chris, Deus muitas vezes nos faz ver beleza em coisas simples... um tempo atrás estava observando uma carreira de formigas - dessas bem pequenas, passei o dedo no trajeto das coitadinhas e perderam totalmente o rumo, pois as mesmas se guiam pelo odor que exalam de sí mesmas.
Como é lindo a grandeza dos detalhes que Deus faz... que muitas vezes nossos olhos não vê.
Um grande abraço,
Sidney
(papodedesenhista.blogspot.com)