“Meus versos nascem como quem dá luz a um único filho, em gestações que podem durar uma vida ou segundos...” (Chris Amag)



sábado, 30 de abril de 2011

Quando você menos esperar...


Quando não estiver esperando,
Alguém vai se aproximar de você
Olhar bem dentro dos seus olhos
E dizer algo de tirar os sentidos...

Então vai voltar a sentir novamente,
O coração batendo forte no seu peito,
Não vai nem conseguir pensar direito,
Como se voltasse a ser adolescente.

As primaveras agora já são muitas,
Mas o tempo traz colorido e vida
E as flores atraem pessoas queridas.

Já sinto no ar esse tempo chegar,
Como se eu já estivesse pronta,
Esperando meu amor desabrochar.


Chris Amag

.

3 comentários:

Dilmar Gomes disse...

Querida amiga Chris, muito lindo o teu poema. Gostei muito. Um grande abraço e um bom fids para ti.

Arnoldo Pimentel disse...

É muito bom sentir o amor nascer.Beijos

O Universo dos Pensamentos disse...

Chris, bonito poema, parabéns... Adorei visitar seu blog.

Bom dia, bjos