“Meus versos nascem como quem dá luz a um único filho, em gestações que podem durar uma vida ou segundos...” (Chris Amag)



quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Um poema para o meu Pai


Imagem da Internet









Quando eu era pequena, meu pai era enorme,
Olhava com admiração para aquele homem,
Ele era o meu herói, sem capa e sem máscara,
E eu era apenas a sua filha, uma frágil menina.

As minhas descobertas eram por ele aplaudidas,
Ele fazia festa quando eu criava qualquer rabisco,
Quando comecei, então, com os meus escritos,
Ele deu um sorriso largo e ficou envaidecido.

Comprou para mim um livro cheio de histórias,
Ficaram para sempre nas minhas memórias...
A partir daí, não parei mais e passei a escrever,
O meu pai lia tudo, dava até gosto de ver...

Hoje, posso escrever para ele e agradecer
Por ser para nós pai e mãe ao mesmo tempo,
Mas meus tímidos versos não conseguem tecer
Palavras que representem todo esse sentimento.

Agora, meu pai não é tão grande como antes,
Mas é um grande homem, cheio de virtudes,
A maior delas foi mostrar aos seus filhos
O caminho que nos leva à verdade e à vida.

Chris Amag

PS
Não fui criada pelo meu pai, mas convivi com ele
parte da minha infância, talvez uns 3 anos...
Mas o suficiente para guardar boas recordações.

15 comentários:

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Parabéns, Chris. Sinto saudades do meu. Beijos

Dilmar Gomes disse...

Amiga Chris, linda homenagem. Meu pai já partiu para o mundo espiritual e hoje a saudade é enorme. Meu gosto pela leitura começou quando eu ainda não lia; aos quatro ou cinco anos, vendo meu pai com olhos fixos nos livros, ficava ao lado dele, interrompendo a leitura e perguntando sobre a história do livro. Ele calmamente fechava o livro e procurava resumir o enredo para a minha linguagem, de tal modo, que eu tivesse uma idéia mínina da coisa. Quando aprendi a ler, ele foi o grande incentivador das minhas leituras.
Um grande abraço. Desejo-te uma boa noite.

"(H²K) 久保 - Hamilton H. Kubo" disse...

Eis que em suas palavras encontramos a grandeza de um homem, sua fragilidade pode até ser vista aos olhos, mas entendem sua grandeza quem enxerga além do que os olhos mostram.
Linda homenagem Chris!

Beijos e obrigado pelo carinho!

Dilmar Gomes disse...

Amiga Chris, passando por aqui para deixar o meu abraço e para desejar-te uma linda sexta-feira.

Luciano Braz disse...

Parabéns por abrir seu coração para uma homenagem tão grandiosa.

Sinto saudades do meu Pai, queria abraça-lo e dizer o quanto eu ao AMO ... do fundo da alma.

Mas o tigres vem a noite ...

Abraços

Maria disse...

Querida poetisa que homenagem maravilhosa ao seu pai. Como sempre os seus versos me encantam.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

Cida Kuntze disse...

Querida Chris, lindíssima mensagem poética.
Que sensibilidade pra passar pro papel de forma tão linda esse sentimento.
Adorei!!!
Beijinhos amiga.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Para quem
tem a alegria
de ter um pai,
todas as palavras
que puderem ser escritas
devem ser escritas,
pois pai é um homem
que precisa de ternura,
de afeto,
de abraço de filhos,
para alimentar
a sua vida.

Viver é sentir os sonhos
com o coração.

Malu disse...

Hoje estou passando apenas para lhe fazer um convite.
Estou falando do www.superlinks.blog.br que é um site agregador que vale a pena visitar, pois é mais um espaço no qual você poderá publicar seus links de matérias, pois é um site sério e com critérios bem positivos.
Espero que goste da dica.
Um grande abraço

Irismar Oliveira disse...

OI cristina que lindo poema, amei e vou destacar essa parte:

Agora, meu pai não é tão grande como antes,
Mas é um grande homem, cheio de virtudes,
A maior delas foi mostrar aos seus filhos
O caminho que nos leva à verdade e à vida.


Te desejo um belo dia

Dan disse...

Que espaço lindo.
Lhe seguindo. Me visite, ficarei feliz.

Bela semana. Abraços, Dan.

Maria disse...

Amiga Chris passei para lhe desejar uma boa semana.
Beijinhos
Maria

Dan disse...

Oi Chris,
grato pelo lindo comentário lá no meu blog. Fiquei muito feliz.

E, eu que ganhei te visitando.
Lindos tudo que você escreve.

Um beijo poetisa!

Dan.

Maria disse...

Amiga Chris bom restinho de domingo e uma excelente semana.
Beijinhos
Maria

Alessandra disse...

CRHIS,TAMBÉM GOSTO MUITO DO QUE VC ESCREVE,TENHO PORÉM SEMPRE A IMPRESSÃQO DE QUE ÉS TÍMIDA E INSEGURA NA HORA DE DEMONSTRAR SEUS SENTIMENTOS,PODE SER SÓ IMPRESSÃO,MAS SE NÃO FOR ,DEIXO-LHE UM VERSÍCULO BÍBLICO:''MAIS VALE UMA REPREENSÃO ABERTA DO QUE UM AMOR ENCOBERTO''..AMOR É PRA SER DEMONSTRADO COM NATURALIDADE,SEM ORGULHOS OU MEDO.
GOSTO TAMBÉM DAS POESIAS QUE FEZ PARA SEU PAI,ME FAZ LEMBRAR DO MEU,QUE JÁ NÃO ESTA MAIS CONOSCO,UM PAIZÃO.
ENFIM,LI TODOS OS POEMAS DO INÍCIO ATÉ AQUI,ÉS MUITO INSPIRADA.dEUS ABENÇÕE VC SEMPRE E TE FAÇA MUITO FELIZ COM OU SEM A AJUDA DE ALGUÉM,NUNCA DESISTA DE SEUS SONHOS,EXISTE EM ALGUM LUGAR ALGUÉM QUE OS COMPREENDE PERFEITAMENTE E PODERÁ TORNAR REAL .BEIJOS!