“Meus versos nascem como quem dá luz a um único filho, em gestações que podem durar uma vida ou segundos...” (Chris Amag)



segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Viver ou morrer

http://www.guiagratisbrasil.com/
A vida é feita de escolhas, mas é difícil decidir,
Não sabemos qual o caminho certo a seguir,
Temos medo do caminho errado, sem volta
E nos assusta pensar que a escolha é nossa.

Medo de viver um grande amor e perder
Ou medo de nunca viver um amor assim?
São sentimentos que não queremos ter,
Então, fechamos com “não” nosso coração.

Assim, vamos levando a vida, sem escolhas,
Paramos no meio do caminho e lá ficamos,
Vendo nos nossos pés as nossas sombras.

Criamos raízes no nada, em terra de ninguém,
Onde o tempo e a chuva desbotam nosso sorriso,
E acabamos vivendo a vida sem nunca ter vivido.

Chris Amag

15 comentários:

。♥ Smareis ♥。 disse...

A vida é feita de escolhas, mas essas escolhas as vezes se torna tão difícil, que acabamos escolhendo errado e nosso sonhos se despenca. Gostei muito dos versos. Beijos e ótima semana!

Dilmar Gomes disse...

Amiga Chris, muito bonitos os teus versos. Eu adoro sonetos. Já tentei fazê-los, mas nunca tive sucesso com eles.
Um abração, Tenhas uma linda semana.

José disse...

Querida amiga chris!

É lindo o seu poema,mas esta parte final, é muito profunda, e nostálgica.
A Chris escreve muito bem, tem sido muito bom para mim tela como minha amiga, tem sempre uma palavra amiga, e é muito fácil ser seu amigo.

"Criamos raízes no nada, em terra de ninguém,
Onde o tempo e a chuva desbotam nosso sorriso,
E acabamos vivendo a vida sem nunca ter vivido."

É preciso é viver o momento
enquanto temos a chave na mão
nem deixar passar o tempo
e dar liberdade ao coração

Nunca é tarde para viver
e dar um jeito na vida
às vezes só basta querer
e encontrar uma saída

Boa noite, beijinho,
José.

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Lindo poema!

Mas jamais fechar os corações!...

Maria Cristina Gama disse...

Olá, Dilmar!

Obrigada pelo seu carinho...

...sonetos são curtos, não nos dão tanto trabalho assim não, o problema é quando não conseguimos concluir a ideia, de onde vem aquele famoso ditado: "a emenda saiu pior que o soneto", fazer uma emenda que estraga tudo...

Maria Cristina Gama disse...

Olá, José!

Gosto muito quando me visita, seus comentários são para mim conselhos e me fazem refletir sobre a vida, isso! É isso que você me passa nos seus versos e comentários "a vontade louca de viver"

Maria Cristina Gama disse...

Olá, Rui!

Sabe, certa vez, minha irmã me disse para postar apenas poemas "alegres", positivos...

Passei a fazer isso, mas não teve muita graça, pois os melhores poemas nascem nos momentos em que nos encontramos pensativos, tristonhos, cheios de dúvidas...

Então, resolvi seguir o conselho dos meus versos e encontrar neles um psicólogo particular...

Não estou com o coração fechado não, são apenas palavras trabalhadas, assim como você trabalha as suas fotos...

anhy Menires disse...

Simplesmente uau.
Nossa. você escreveu praticamente o que estou passando agora! O momento de tomar uma decisão.
Deus continue te usando minha irmã em Cristo.
Amei o poema.

Maria disse...

Amiga Chris que versos maravilhosos. Ao longo da vida muitos são os caminhos que podemos seguir, nem sempre escolhemos o melhor, mas o importante é aprender com os erros e seguir em frente.
Bom fim de semana.
beijinhos
Maria

Cida Kuntze disse...

Oi Cris!
Já fiz escolhas errada e também certas. Mas agora, antes de escolher, peço que Deus me oriente, pois Ele sabe melhor do que eu, o que vai ser bom ou não pra mim.
Amei o teu poema, muito lindo e intenso como sempre.

Amiga, és muito especial.
Um beijo e uma abençoada semana.

。♥ Smareis ♥。 disse...

Olá querida, passando pra desejar uma execelente semana cheia de muitas energia positivas, muita paz e muita luz. Obrigada pela amizade. Feliz semana! Um beijo no teu coração!

José disse...

Olá amiga Chris!Boa noite.

"Entre o morrer e viver" é melhor viver, pode crer, morrer o mais tarde que se poder, e sem sofrer.
É o que eu desejo para mim, e para toda a gente.

Beijinho grande,
José.

Tânia Gama disse...

Gostei do que li, do que vi, viajei, senti, abracei,degustei e amei!
Parabéns pelo talento!
Que Deus continue iluminando-te cada vez
mais!

Maria disse...

Amiga, hoje deixei no meu cantinho um obrigado aos Amigos. É um miminho simples mas feito com carinho para agradecer a companhia na estrada da vida e porque seu cantinho é ESPECIAL, um espaço onde a poesia enleva o nosso coração e alma.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

Irismar Oliveira disse...

Minha amiga que lindo e verdadeiro esse poema, o final é tremendo quando diz:

Criamos raízes no nada, em terra de ninguém,Onde o tempo e a chuva desbotam nosso sorriso,E acabamos vivendo a vida sem nunca ter vivido.

Que o Senhor te dê uma abençaoda semana. abraço