“Meus versos nascem como quem dá luz a um único filho, em gestações que podem durar uma vida ou segundos...” (Chris Amag)



terça-feira, 22 de maio de 2012

Dia do abraço

Imagem: laraprendizesdoevangelho.blogspot.com

Já abraçou alguém hoje?


Hoje senti uma profunda vontade
De sair abraçando toda gente,
Aquela de pouca e muita idade
E até quem por mim nada sente...

E em cada abraço, arrancar sorrisos,
Fazer alguns olhos ficarem molhados,
Fazer das estrelas os meus amigos
E quem sabe encontrar um namorado...

Ah, um abraço... pode nos confortar,
Com apenas um toque aquecer a alma,
Um toque especial que nos acalma...

Então, o que está esperando?
Existe alguém do seu lado
Precisando muito ser abraçado!

Chris Amag
.
Amigos, resolvi postar o meu poema sobre abraço hoje novamente...

3 comentários:

José disse...

Olá Chris, bom dia,

Lindo o seu Soneto, já recebi o seu abraço, sinta-se por mim também abraçada.

Um beijinho,
José.

Célia Gil, narciso silvestre disse...

E que magnífico abraço nos deu este seu poema! Bjs

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Lindo teu poema Chris!
Hoje deixo meu especial abraço!