“Meus versos nascem como quem dá luz a um único filho, em gestações que podem durar uma vida ou segundos...” (Chris Amag)



quarta-feira, 3 de outubro de 2012

O gosto do seu beijo


O encontro,
Mãos geladas,
Mãos quentes,
Olhos nos olhos,
O silêncio
Entre a gente...

Um abraço apertado,
Um beijo no rosto,
E o calor do seu corpo
Embalando o encontro
Cheio de desencontros.

Um beijo na testa,
Um beijo na mão...
E um abraço apressa
O nosso grande desejo:
O tão esperado beijo.

Um beijo tímido,
Cheio de segredo,
Cheio de medo...
Medo de gostar
E não saber mais viver
Sem o gosto do seu beijo.

Chris Amag

12 comentários:

Ygo Maia - Mergulhando Na Leitura disse...

Passei muito tempo sem visitar seu blog, mas finalmente estou de volta. Logo de cara vejo esse poema incrível. Parabéns! Você é muito talentosa... Abraço!!

Maria Rodrigues disse...

Minha amiga um poema tão doce e terno como um beijo.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

Cida Kuntze disse...

Lindo, lindo, lindo Chris!
Doce e ardente poema.
Amei.
Beijinhos amiga e uma ótima semana.

Giancarlo disse...

Abbracciarsi baciandosi... una cosa fantastica!!felice week end...ciao

Maria Rodrigues disse...

Amiga Chris passei para deixar um beijinho e desejar uma excelente semana.
MAria

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

O gosto do beijo
da pessoa amada,
tem o sabor do desejo
que nos habita,
e é despertado
pela suavidade
de quem nos acompanha.

Que a sua vida seja sempre
um tributo a esperança.

Arnoldo Pimentel disse...

O medo de amar pode esconder caminhos. Lindo seu poema, parabéns.

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Sempre encantadoras tuas sublimes palavras Chris!
bj

Maria Rodrigues disse...

Chris passando para desejar um bom restinho de domingo e uma excelente semana.
beijinhos
Maria

Izabel Talarico disse...

Oi Chris é sempre bom ler suas poesias. Mas menina me meti a aprender Frances na escola e olha estou exausta, pois a minha visao ajuda pouco. Mas não consegui, ou melhor não encontrei poesia para ouvir no seu blog. Porque será. Ja te falei que sua voz é muito agradável para a gente ouvir. Beijos.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Gostei do beijo tímido e puro desse poema delicado. Delicado como a autora. Que esse beijo aconteça e permaneça em você. Parabéns, Cristina.

Evanir disse...

Amiga Querida nos deixou um lindo poema .
Agora quero saber como vai você?
Beijos no coração,Evanir.