“Meus versos nascem como quem dá luz a um único filho, em gestações que podem durar uma vida ou segundos...” (Chris Amag)



quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Para todo sempre


Imagem da internet

Queria estar com você agora, mas existe um tempo imenso que nos separa, uma distância presa nesse tempo, presa na correria, presa nos compromissos inadiáveis, tempo e distância que nos acorrentam no passado e no presente e que não nos deixam juntar os elos dessa corrente... Mas um dia, em algum lugar, o tempo se fará presente e seremos um só.

(Maria Cristina Gama 20-02-2013)

3 comentários:

Dilmar Gomes disse...

Amiga Cris, passando por aqui para apreciar tuas postagens e para deixar o meu abraço. Tenhas uma boa noite.

luís rodrigues coelho Coelho disse...

É bom acreditar que será assim e que tudo um dia será diferente....

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

As vezes
buscamos no futuro,
os impossíveis
do presente.
Não sei se é bom,
não sei se é mal...

Desejo que o amor,
faça morada em seu coração.