“Meus versos nascem como quem dá luz a um único filho, em gestações que podem durar uma vida ou segundos...” (Chris Amag)



domingo, 7 de abril de 2013

PARA VOCÊ



Faz tempo, eu já observava você...
E não é pela cor dos seus olhos,
Não é pela roupa que veste,
Mas por tudo que vem de você.
Os valores que carrega da vida,
Das dores passadas e contidas,
Da vontade de crescer e vencer,
Da humildade que vem do seu ser.
Da forma direta que fala de amor,
Desse sorriso que carrega no rosto,
Dessa pessoa doce que eu tanto gosto.
Faz tempo, eu li você um dia...
Conhecer você era o que mais queria
E agora é quem inspira a minha poesia.

Maria Cristina Gama
.

3 comentários:

Ygo Maia disse...

Que belo poema, Chris!!
Andei sumido por um tempo, mas sempre que posso venho me deliciar com seus belos textos.
Parabéns, esse ficou ótimo!

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

fliz é o seu muso ( existe essa palavra?). Bem, fato é que existe o alguém que inspirou esses belos versos. Meus parabéns... pelo poema... e pelo atual momento. Beijos.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

CORREÇÃO: FELIZ!