“Meus versos nascem como quem dá luz a um único filho, em gestações que podem durar uma vida ou segundos...” (Chris Amag)



domingo, 4 de agosto de 2013

Virando a página


Às vezes, o ato de você virar a página significa atitude,
Não adianta nada fixar os olhos em algumas linhas
Quando o amor, em vã filosofia, atingiu a sua plenitude...
Se no próximo capítulo a unidade se desfez nas entrelinhas.

Ah... as entrelinhas...Se tivéssemos prestado atenção nelas,
Teríamos evitado tantas coisas... Mas evitamos essa compreensão.
Quando o escritor tece a sua história, ele pensa em cada detalhe,
Cada palavra, que não foi escrita, está lá, para ser lida com o coração.

Nós, pobres leitores, procuramos ler só o que nos agrada:
A parte quando tudo dá certo: “E viveram felizes para sempre”...
Mas, quando pulamos alguns capítulos, cada folha que foi dobrada
Pode esconder que as personagens mudaram: o mocinho é outro.

Sendo assim, preste atenção aos sinais, tente ler o que não foi escrito,
Tente enxergar os gestos que não existiram, feche os olhos e sinta...
Porque, se não existiram gestos, o amor também não pode ter existido.
Então, esqueça, tire do seu coração, vire a página e comece uma nova história!
Maria Cristina Gama

6 comentários:

Lu Nogfer disse...

Pois é Chris!Raramente tenta-se compreender e respeitar as mudanças necessarias e a sinceridade do coraçao. Por vezes a preocupçao com as entrelinhas é tao grande que chega a cegar e tomar o lugar dos sentimentos mais bonitos.O olhar mais importante, raro e sensivel certamente é o da alma!

Beijos e otima semana!

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Virar a página
é para mim
um compromisso
com a esperança.
Quem não liberta
o passado,
jamais poderá
viver o presente.

Que em teu coração,
a vida possa dançar
a música da alegria.

Maria Rodrigues disse...

Minha amiga excelente reflexão. Por vezes urge mudar a página mas falta a coragem para o fazer.
Boa semana
beijinhos
Maria

Cida Kuntze disse...

Chris, que poema verdadeiro esse.
Simplesmente amei.
Precisamos muitas vezes virar a página e saber, como voce escreveu, "ler nas entrelinhas".
Beijos querida amiga e uma ótima e abençoada semana.

Ygo Maia disse...

Que perfeição...
Adorei. Parabéns!!!
Foi profundo. Infelizmente, a gente tem uma enorme dificuldade para virar a página e seguir em frente.

Beijos!!

http://ymaia.blogspot.com.br/

Maria Rodrigues disse...

Amiga Chris passei para deixar um beijinho.
Maria