“Meus versos nascem como quem dá luz a um único filho, em gestações que podem durar uma vida ou segundos...” (Chris Amag)



quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Para que se despedir antes da hora se a vida ainda lhe reserva muitos momentos felizes?




Não me importa quanto tempo ainda temos, se hoje será o último dia ou o primeiro de muitos... O que importa é que o meu tempo é seu, e eu não vou deixar você se sentir sozinho... A solidão mata mais que qualquer doença, então, divida a sua vida com quem o ama, não seja tão egoísta de nos privar da sua companhia, viva intensamente cada momento e seja feliz!

Por Maria Cristina Gama

Nenhum comentário: