“Meus versos nascem como quem dá luz a um único filho, em gestações que podem durar uma vida ou segundos...” (Chris Amag)



terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Para quem gosta de gatos!

Hoje não tem poesia, hoje esse pensamento vai para a minha prima Zi, que adora gatos!


2 comentários:

Cida Kuntze disse...

A minha filha também ama gatos...rsrsrs.
Beijos querida.

Dilmar Gomes disse...

A imagem já tem sua poesia!
Um abraço. Tenha uma boa tarde/noite.