“Meus versos nascem como quem dá luz a um único filho, em gestações que podem durar uma vida ou segundos...” (Chris Amag)



quinta-feira, 2 de abril de 2015

Quem sabe um dia...


O Jardim Secreto (seriado coreano)

Não sei se um amor assim existe somente em romances ou filmes de ficção, mas quem um dia não sonhou em ser segurada no braço pelo “Kim Joo Won”... Ser olhada por ele com aqueles olhos oblíquos que faz o coração de qualquer mulher bater mais forte...


QUEM SABE UM DIA...

Quem sabe um dia eu sinta esses olhos dentro dos meus,
Quem sabe um dia alguém goste tanto de mim assim
Que eu volte a acreditar em castelos, que nada se perdeu...
Que não existem amores impossíveis, que podemos ser felizes sim!
Quem sabe um dia alguém enxergue em mim o que não se poder ver,
Que sinta o que vai no meu coração, sem se importar de onde eu vim...
Quem sabe um dia, minha história possa sair dos livros de contos de fadas
E eu passe a acreditar no amor, pois sem ele a vida não tem sentido...
Quem sabe um dia...

Por Maria Cristina Gama

2 comentários:

Sônia Silva disse...

"Quem sabe um dia..."

Tudo que a gente quer seja possível por ser simples demais...

Passei pra te dá um oi e desejar uma feliz pascoa.

Bjs

Cida Kuntze disse...

Oi Chris!
Não conheço esse seriado, mas parece bonito.

Gostei do seu poema, como sempre você escrevendo lindo, lindo, lindo.

Beijos e tudo de bom querida.