“Meus versos nascem como quem dá luz a um único filho, em gestações que podem durar uma vida ou segundos...” (Chris Amag)



sexta-feira, 17 de julho de 2015

Eu quero é ser feliz!


Muitas vezes só buscamos a transparência, isso é o que nos encanta... Não quero mais palavras escondidas e segredos que afastam, a felicidade não usa roupas provocantes e nem se esconde atrás de muitos panos, ela é leveza, sorriso, paz... Eu quero é ser feliz! (Maria Cristina Gama)

2 comentários:

Cida Kuntze disse...

Que lindo Chris!
A leveza nos dá felicidade.
Um beijo bem carinhoso e tudo de bom.

Maria Rodrigues disse...

Minha amiga que consiga encontrar a leveza a paz e felicidade.
Beijinhos
Maria