“Meus versos nascem como quem dá luz a um único filho, em gestações que podem durar uma vida ou segundos...” (Chris Amag)



segunda-feira, 16 de novembro de 2015

O que vem antes...

 O que mais me encanta é o que vem antes: os olhos que descansam nos nossos olhos quando não estamos olhando... Uma mão que toca sem querer em outra... O silêncio... A proximidade... A novidade... e até mesmo a espera... Ah... a espera, quando transformada em hora certa, deixa o dia leve, os pensamentos longe e coloca em nosso rosto um sorriso bobo... Esse é o segredo, é o desejo que isso se repita, pois o que vem antes são momentos que ficarão para sempre no nosso coração. (Maria Cristina Gama)
.
.
.
.
.
.

Nenhum comentário: