“Meus versos nascem como quem dá luz a um único filho, em gestações que podem durar uma vida ou segundos...” (Chris Amag)



sexta-feira, 29 de abril de 2016

A Pureza das Crianças




Obrigada, Senhor, por me permitir trabalhar com as crianças... A pureza delas me encanta, elas acreditam em nuvens que falam, inventam amigos imaginários e histórias onde tudo é possível. Elas não disfarçam o sorriso e a lágrima, a gargalhada e o silêncio misturado com espanto. Elas, quando gostam, beijam, abraçam! E essa troca de energia revigora, alimenta a minha alma e me enche de alegria. E hoje, eu cheguei assim, com a felicidade pintada em meu rosto, um sorriso desenhado com a magia dos Contos de Fadas, um sorriso verdadeiro, sem feitiços e encanto... Há muito tempo não me sentia assim... (Maria Cristina Gama)

Um comentário:

Maria Rodrigues disse...

A sua inocência, pureza e alegria ilumina o nosso coração.
Beijinhos
Maria