“Meus versos nascem como quem dá luz a um único filho, em gestações que podem durar uma vida ou segundos...” (Chris Amag)



quinta-feira, 22 de setembro de 2016

O MISTÉRIO DE SER FLOR...




A primavera é segredo que vem de outra flor, do sopro mágico do vento, da leveza dos colibris, da natureza cheia de mistério e das asas de seres surpreendentes... A primavera existe para nos mostrar que de uma semente nasce uma flor, que ela abre caminho, procura a luz, estica-se, como uma reverência, e se abre, se derrama em pétalas de amor... E nós somos essa primavera a desabrochar: Antes semente. Ousados, descobrimos o mundo, nos abrimos e espalhamos o nosso perfume... E, se morremos, não viramos pó, teremos outros momentos para florescer, por isso, devemos nos sentir flor, ter a delicadeza, a beleza deslumbrante das cores e não ter medo de derrubar a primeira pétala... Pois seremos sempre semente e em cada primavera nascerá uma flor... Nunca a mesma...

(Maria Cristina Gama)
.
.
.

Um comentário:

Maria Rodrigues disse...

Linda e poética homenagem à primavera.
Beijinhos
Maria