“Meus versos nascem como quem dá luz a um único filho, em gestações que podem durar uma vida ou segundos...” (Chris Amag)



terça-feira, 4 de abril de 2017

Prece





Ajude-me senhor a aguentar o peso do meu corpo,
O peso das palavras, dos pensamentos escuros,
Coloque-me em lugar seguro, guarde-me de todo mal,
Coloque o silêncio em minha boca, abaixe a minha cabeça,
Para que a humildade faça que eu nunca me esqueça,
Que existe um Deus maior que tudo, que me ama e perdoa,
Mesmo quando não mereça, mas sou carne, pecadora,
Transforme esse peso em alegria, Senhor, 
Minha noite em dia,
Porque mais que minhas palavras, é o meu coração que fala,
E diante deste Deus maravilhoso e supremo, se cala.

Maria Cristina Gama

5 comentários:

Cida Kuntze disse...

Linda oração!
Beijos pra você querida Chris.

Nana Desiderio disse...

lindo blog!!

lindo poema!

Nana Desiderio disse...

lindo blog

Professor André Siqueira disse...

Lindo poema, faz tempo que não contemplo algo tão sensível, que exalta a necessidade de Deus e mostra o quanto o "homem" precisa dele e escrito de forma tão poética, na essência da palavra.

Maria Cristina Gama disse...

Obrigada pelo carinho, amigos seguidores.