“Meus versos nascem como quem dá luz a um único filho, em gestações que podem durar uma vida ou segundos...” (Chris Amag)



domingo, 4 de junho de 2017

O que você vê quando me olha?




O que vai dentro de mim não é o que pode ser visto de fora, pois existe uma força maior que só pode ser sentida com os olhos do espírito, e quando isso acontece, não vemos a forma, a silhueta, mas as linhas perfeitas que Deus nos fez.
(Maria Cristina Gama)

Nenhum comentário: